historial

SÉC. XX

Em 1913, o bisavô de João Grave adquire a Quinta de São José de Peramanca. Desde então o enorme casario e parte dos terrenos à sua volta tornam-se propriedade da família Grave.